KC ARQUITETURA urbanismo e design

O ícone do Centro de São Paulo está de volta

Atualizado: 16 de Jul de 2018

Quem aí já visitou o Edifício Altino Arantes? Talvez você não o conheça por esse nome, mas com certeza já ouviu ao menos falar do Banespão. Inaugurado no ano de 1947 e inspirado no Empire State Building de Nova York, o Banespão está de cara nova em 2018, e não só isso, até seu nome mudou: agora a construção icônica do Centro de São Paulo se chama Farol Santander.

Farol Santander
Farol Santander (Foto: Divulgação)

Construído a partir de 1939, o prédio estava fechado por mais de 2 anos e reabriu na última sexta-feira, dia 26/01, um dia após o aniversário da cidade. E que presente que São Paulo ganhou ao completar 464 anos! O Farol Santander, ao longo de seus 35 andares, vai muito além da sua vista panorâmica, o espaço tem áreas dedicadas para exposições artísticas e atividades esportivas.


Um exemplo disso é a pista de skate no 21o andar, idealizada pelo brasileiro-americano multicampeão do esporte Bob Burnquist. Os ambientes culturais, que formam um circuito de experiências, são distribuídos ao longo de 15 andares do Farol, e tem atração pra todo tipo de pessoa, por exemplo, áreas dedicadas à arquitetura, artes visuais e empreendedorismo. As programações exclusivas, desenvolvidas por um grupo seleto de curadores, contam com obras de artistas nacionais e internacionais.

Já pra conhecer uma das vistas mais famosas da cidade, o visitante tem que subir até o 26o andar, no Café do Farol, onde é possível ter uma visão privilegiada do skyline de São Paulo. No entanto, a vista do terraço do topo do prédio permanecerá fechada para o público por questões de “segurança e acessibilidade”, de acordo com o Santander.

Nomes como Facundo Guerra, empreendedor cultural, e Tatiana Wlasek, diretora da agência Storymakers, são algumas das pessoas por trás da reabertura do Banespão. Eles procuraram o grupo Santander há cerca de um ano e meio e a partir desse encontro, o Farol Santander começou a criar corpo. Outros projetos da dupla são o Mirante 9 de Julho e o Bar Riviera.


Mas, antes desse mega projeto se tornar realidade, o Banespão já foi bem diferente. Símbolo da São Paulo capitalista, o prédio até os anos 1990 foi sede do Banco do Estado, enquanto, nos anos 2000 foi vendido para o grupo Santander em um leilão de privatização do governo federal. Nos últimos anos, o edifício era usado para atividades administrativas do banco, até ser esvaziado e fechado para visitação em 2015.


Hoje em dia, esse ícone do Centro pretende não só reconstruir a memória histórica do lugar e das pessoas, como também se firmar como um novo polo cultural e de economia criativa, e tudo isso com a melhor vista de São Paulo.


Pra conhecer o Farol Santander, os dias e horários de visitação são de terça-feira a domingo, das 9 às 19 horas. O endereço é Rua João Brícola, 24, Centro e a estação de metrô mais próxima é a São Bento.


Lembrando que pra entrar, o visitante deve pagar uma entrada, sendo R$ 15,00 pra conhecer apenas o mirante, R$ 17,00 pra visitar o mirante e os espaços dedicados à memória do prédio, arte imersiva ou economia criativa e R$ 50,00 por hora pra usar a pista de skate. Há também a opção de locar um loft, projetado pelo escritório de arquitetura franco-brasileiro Triptyque, por R$ 4 mil / diária. É possível comprar os ingressos direto na bilheteria ou pelo site do Ingresso Rápido.


KC

© 2018 por KC ARQUITETURA urbanismo e design Ltda. Me.

Somos um escritório de Arquitetura, Urbanismo e Design que atua desde o projeto inicial ao mais complexo.

Acreditamos que a Arquitetura é Integrada.